Loading...

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Mario Quintana

Homenagem do drilorenparamaiores.blogspot.com pelo aniversário de morte (+ 5/5/1994)
do nosso poetinha dos pampas: Mario Quintana.
Alguns versos:
Da recordação
A recordação é uma cadeira de balanço embalando sozinha.
As viagens
O mais confortador das viagens são esses burrinhos pensativos que vemos à beira da estrada
e nos poupam assim o trabalho de pensar.
Conto de horror
E um dia os homens descobriram que esses discos
voadores estavam observando apenas a vida dos insetos...
Hai-kai
No meio da ossaria
Uma caveira piscava-me
Havia um vagalume dentro dela.
Elegia urbana
Rádios. Tevês.
Gollllllllllllllllllllllllllo!
(O domingo é um cachorro escondido debaixo da cama).

Nenhum comentário:

Postar um comentário